Estudo sobre malformações relacionadas à epilepsia é publicado no Annals of Neurology


Publicação propondo novos mecanismos moleculares para displasias corticais focais é fruto de trabalho de pesquisadores vinculados ao CEPID BRAINN.

01 de março de 2018     | Redação WebContent

 

A epilepsia é uma condição neurológica que afeta cerca de 1% da população. Uma de suas possíveis causas é a chamada “displasia cortical focal“, nome dado a um amplo espectro de malformações no desenvolvimento do córtex cerebral, ainda enigmáticas sob diversos aspectos clínicos e patológicos. As displasias corticais focais são o tipo de lesão cerebral estrutural mais comum em crianças com epilepsia focal (isto é, convulsões que ocorrem em uma área limitada do cérebro) e uma das principais causas de epilepsias resistentes a tratamentos medicamentosos. Um novo estudo, recém-publicado em um dos journals científicos mais prestigiados do mundo na área de neurologia, lança nova luz sobre o entendimento da doença – e é fruto do trabalho de um grupo de pesquisas vinculado ao CEPID BRAINN.

A publicação “Dysregulation of NEUROG2 plays a key role in focal cortical dysplasia” é resultado do trabalho da aluna Simoni Avansini, orientada pela Dra. Iscia Lopes-Cendes, membro do CEPID BRAINN. O artigo descreve um novo mecanismo molecular no qual a expressão diferencial do fator de transcrição NEUROG2 possui papel de destaque no desenvolvimento da doença, e é diretamente influenciada por micro RNAs.

O artigo foi aceito para publicação na mais recente edição do periódico Annals of Neurology, uma das publicações internacionais em neurologia de maior prestígio acadêmico. De acordo com dados do Journal Citation Reports, o Annals of Neurology está no top 5 dos mais importantes periódicos em neurologia clínica no mundo, o que demonstra o grande impacto dos resultados de Simoni e colegas para a área.

O CEPID BRAINN parabeniza Simoni e sua orientadora, a dra. Lopes-Cendes, pela publicação. Em breve tratemos maiores detalhes sobre a pesquisa e os resultados desse estudo.