Maior pesquisa já feita sobre neuroimagem em epilepsia – com colaboração do BRAINN – é publicada


Trabalho sobre neuroimagens em epilepsias é publicado em um dos mais respeitados periódicos científicos sobre neurologia do mundo.

31 de janeiro de 2018     | Redação WebContent

 

O maior estudo colaborativo mundial sobre neuroimagens em epilepsias – e que conta com a participação do CEPID BRAINN – teve seus primeiros resultados publicados na edição de fevereiro do periódico científico Brain.

O Brain – Journal of Neurology é editado pela Oxford University Press e é uma das mais conceituadas publicações sobre neurologia no mundo. Em 2016, o fator de impacto do journal foi de 10.292.

O artigo mostra os resultados do consórcio ENIGMAEnhancing NeuroImaging Genetics through Meta-Analysis. Trata-se de uma iniciativa internacional que atualmente engloba 37 grupos de pesquisa e 900 pesquisadores, espalhados por 39 países. Eles compartilham entre si dados de imageamento cerebral de centenas de pacientes e utilizam protocolos comuns para analisar as imagens, o que permite aumentar substancialmente o número de escaneamentos disponíveis para estudo e fortalecer os resultados obtidos.

Desde que teve início, em 2009, dados oriundos do ENIGMA já foram destaque nas páginas de importantes periódicos científicos. Por meio do consórcio, já foram identificadas, por exemplo, variações genéticas correlacionadas a regiões do cérebro envolvidas com a memória, movimentação e o aprendizado; outros estudos avançaram o conhecimento sobre doenças como esquizofrenia e stress pós-traumático.

consorcio internacional ENIGMA

Uma das áreas de estudo mais interessantes do ENIGMA é a epilepsia. O estudo publicado nesta edição do Brain analisou dados de 24 centros de pesquisa em 14 países da Europa, Ásia, Austrália, América do Norte e do Sul buscando compreender os fatores que influenciam o imageamento cerebral em pessoas com esta condição. Trata-se do maior estudo de neuroimagem em epilepsia já realizado até hoje.

A pesquisa foi destaque, também, em matéria da Agência FAPESP! Clique na imagem abaixo para ler o release completo.

BRAINN - materia projeto ENIGMA na agencia fapesp

“Esta iniciativa global identifica padrões de redução compartilhada de matéria cinzenta em síndromes de epilepsia, e anormalidades características entre síndromes de epilepsia, o que aumenta nossa compreensão da epilepsia como uma doença com várias ramificações e indica que certas síndromes envolvem comprometimento estrutural mais generalizado do que se supunha anteriormente”, escrevem os pesquisadores.

Neste estudo, os dados enviados pelo grupo da UNICAMP – coordenados pelo BRAINN – foram responsáveis por 18% do total de pacientes analisados, correspondendo à maior colaboração ao pool de dados disponíveis aos pesquisadores.

Confira o artigo completo no link a seguir.

 

Structural brain abnormalities in the common epilepsies assessed in a worldwide ENIGMA study

Brain, Volume 141, Issue 2, 1 February 2018, Pages 391–408

Leia o artigo na íntegra

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *