Pesquisa vinculada ao BRAINN ganha Prêmio Inova Unicamp de Iniciação à Inovação


Akari Ishikawa, aluna do pesquisador associado ao CEPID BRAINN Eric Rohmer, recebeu o prêmio em evento realizado no início do mês.

14 de dezembro de 2017     | Redação WebContent 

O ano de 2017 marca a 10º edição do prêmio Inova Unicamp de Iniciação à Inovação. O mérito é voltado a trabalhos realizados por alunos de iniciação científica, em linhas de pesquisa que desenvolvem tecnologias com forte potencial de aplicação no mercado.

A pesquisa da aluna de iniciação Akari Ishikawa foi uma das agraciadas pelo prêmio nesta décima edição, na categoria ‘Tecnológicas’. Akari é orientada pelo dr. Eric Rohmer, professor da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação da Unicamp e pesquisador associado do CEPID BRAINN. A linha de pesquisas premiada estuda a implementação de novas tecnologias, como visão computacional e eletromiografia, no desenvolvimento de próteses de mão mais baratas, eficientes e simples de utilizar.

eric rohmer protese de mao tecnologia

O pesquisador Eric Rohmer demonstra aplicações da pesquisa premiada (“Human Machine Interface for Hand Prothesis Based on Computer Vision and Electromyography”).

 

akari ishikawa“Estamos trabalhando com próteses de baixo custo, mas de alta tecnologia. São próteses de mão capazes de pegar objetos, em várias posições”, conta Eric Rohmer em entrevista ao programa Registro Geral, da TV UNICAMP (confira o vídeo logo abaixo).

O pesquisador explica que sua equipe adota novos métodos para controle de próteses eletrônicas de mãos, buscando simplificar seu funcionamento. Normalmente, tais aparelhos realizam uma série de ações diferentes (como pegar objetos a partir de posições distintas) de acordo com movimentos de contração dos músculos do braço, pré-configurados pelo usuário. O processo não é simples e acaba frustrando muitas pessoas que convivem com membros amputados. Segundo o pesquisador, o uso inovador de tecnologia de visão computacional permite não apenas facilitar o processo, como também barateá-lo.

Confira, a seguir, reportagem sobre a premiação, com texto de Carolina Octaviano, da Agência de Inovação Inova Unicamp.

 

Mais informações no site da Agência de Inovação da Unicamp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *